segunda-feira, 29 de julho de 2013

É mais ou menos por aí...

 
"...Uma vez vivida toda essa transição, uma vez superado o pior momento da vida, você saberá que ser feliz exige coragem. Coragem para se jogar, para sentir, para sonhar, para tentar de novo mesmo que o mundo pareça um não. Coragem para partir para guerra, enfrentar a luta, preparar a guarda, abandonar o medo, o preconceito, a ansiedade, a expectativa pela aceitação dos outros. É preciso coragem para meter as caras, arriscar e, então, tudo acontecerá baixinho dentro de você. Abandone os métodos aprendidos em anos de vida normal, abandone as teorias, os planos, os sonhos de antes, abandone a insegurança, a perspectiva da decepção. É preciso ter CORAGEM! Quando chegar a hora de guerrear pelo que manda o coração, seja forte, prepare todas suas reservas, e lute. Porque a gente não tem garantia de nada, não tem contrato de permanência, não tem prazo, não tem cronograma predeterminado, mas a gente sabe que o objetivo final é tão-somente ser feliz.”

 Marcele Alencar.

16 comentários:

  1. Se preocupar com ela e compartilhar sua preocupação é mto legal e energia que chega nela e contagia.
    Que ela leia tudo que vc publicou aqui e receba junto com sua amizade e amizade das pessoas que a cercam enovas amizades, carinho, olhar atento, conselhos, orações e a cicatrização da dor se dará, o fechamento dessas experiencias e encantamentos vividos se fará e a abertura de novas possibilidades, janelas, portas também. Que assim seja. Amém!

    ResponderExcluir
  2. Que post lindo amiga
    boa semana
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Selmaaa... chorando aqui... obrigada pelo carinho e pela preocupação, é que a decepção chegou em meio a tempestades, de ventos fortes que me jogam pra lá e pra cá, e no cansaço de lutar, descobrir algo que só machucou mais, não ajudou em nada.
    Eu já passei por muita coisa e quando digo, muita coisa, é muita coisa mesmoooo, fica difícil se manter firme e em pé sempre.
    Seu texto me fez pensar que é preciso ter mais que coragem para se manter feliz, precisamos tbm ser persistentes e ponderar o que é melhor em cada momento.
    A tempestade ainda não se foi, estou, vamos dizer chegando ao olho do furacão, mas sei que depois de toda tempestade, vem a grande a bonança e isso acalenta meu coração e saber que existem pessoas como vc, que se importam com o ser humano, com o próximo, só me deixa mais perto da luz da vida... obrigada, obrigada pelo texto, ele foi uma grande ajuda neste momento de grande aperto no coração.
    Que a LUZ dos anjos e as bençãos do senhor, esteja sempre com vc.


    ResponderExcluir
  4. O que posso dizer, Selma, diante de texto tão completo, é que ele se resume apenas numa palavrinha "Esperança", ou seja, 'vai passar', porque tudo passa e lá na frente enxergamos a luz novamente e entendemos o porquê de tudo.
    Linda mensagem!
    beijos cariocas


    ResponderExcluir
  5. Selma querida,
    o pior que todos nós passamos por tempestades, e a esperança
    é que as tempestades passam logo p/ vir as vitórias.
    O melhor é seguir firme de cabeça erguida litar e seguir
    de cabeça erguida por dias melhores.

    Tenha uma semana regada de bençãos!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá Selma!
    Linda postagem... linda porque demonstra sua preocupação com o próximo.
    Só tenho a dizer a quem está se sentindo PÉSSIMA: eu já tive medo de olhar no espelho e não ver nada e, depois, descobri que até um pé na bunda pode nos empurrar pra frente.

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  7. Otima postagem.
    Linda terça feira!
    Bjins Catiaho Alc./Reflexo d'Alma

    ResponderExcluir
  8. Oi Selma
    também me gelou quando li o post
    fui lá para dar uma palavra
    Decepções assim doem demais
    quando alguém pede socorro, devemos prontamente socorrer
    você fez assim
    uma mão amiga pode transformar as situações
    bj Zizi

    ResponderExcluir
  9. Selminha,
    espero de coração que a amiga virtual que está atravessando esta fase ruim tenha lido com atenção e sorvido cada palavra deste texto-reflexivo aproveitando com total aprendizado e convicção cada ensinamento.
    Tua atitude amiga, com certeza, terá eco n'alma dela, fazendo-a renovar as esperanças na vida.
    Um abração,
    Calu

    ResponderExcluir
  10. Ei Selma
    Certamente esta pessoa deve estar em profunda depressão, pra desejar que o bem mais precioso que temos- a vida- chegue ao fim o mais rápido possível.
    O texto é muito bom, cheio de esperança, confiança e fé.
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Simplesmente ótimo o seu texto, por mais dificuldades e decepções que passamos na nossa vida, nunca devemos ter pensamentos destrutivos.
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  12. Oi, Selma!
    Quem vive uma grande dor na alma, não pensa que essa dor vai passar um dia. Mas é preciso fortalecer-se com esperanças e pensamentos de que tudo será amenizado. Grande força dá para a sua amiga! Para ela, isso é um alento, pois sabe que alguém se preocupa com ela.
    Bom fim de semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  13. Selma;

    Vou comentar no seu ultimo post mas não é sobre ele, caí de paraquedas no seu blog devido uma pesquisa que estava fazendo sobre a cidade de Teresina, pois hj vivo um "Drama" que está me angustiando muito meu marido recebeu uma proposta de emprego em Teresina e estou com tanta dúvida, e em parte com medo das mudanças que acarretará morar em outra cidade.
    Mas quero deixar aqui o meu agradecimento quando li sua postagem sobre Teresina confesso que me deu um alivio, então tomei a liberdade de comentar e agradecer aqui no seu blog.
    um beijo e foi bom conhecer seus escritos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clara!

      Que bom que seu coração ficou mais tranquilo. Fico feliz por isso.
      Beijos e dê notícias!

      Excluir
  14. Oi pessoas amadas!

    Agradeço demais as palavras e acho que a Jane está bem melhorzinha. Acredito muito no poder das palavras e ao ler o desabafo dela senti que podia ajudar de alguma forma, e a única que encontrei foi através deste texto da Marcele, que passou pela dor do luto e deu a volta por cima.

    Beijos!

    ResponderExcluir