quinta-feira, 3 de abril de 2014

Lençóis Maranhenses - Dunas e Lagoas.


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
Um lugar incrível, lindo e quase selvagem! É assim que tento descrever os Lençóis Maranhenses.  Quando eu via toda aquela paisagem nas fotos ou reportagens, que mais parece o Deserto do Saara ou qualquer outro semelhante, ficava imaginando o calor e agonia que passaria com ele, mas não foi nada disso que senti. Não sei se dei sorte, mas escolhi a melhor época do ano para conhecer as Lagoas, que vai de Maio a Agosto, e o que encontrei foi um lugar de areia quase fria, lagoas de água fresca e cristalina, que mais pareciam espelhos refletindo o céu. Eu acho que o paraíso existe e se apresenta das mais diversificadas formas e uma delas sem sombra de dúvidas, são os Lençóis Maranhenses.
Partimos de São Luís pela manhã e depois de aproximadamente 260 km, chegamos a Barreirinhas, que é uma cidade pequena e uma das principais portas de entrada para o Parque dos Lençóis Maranhenses. Há pousadas simples, bem simples e poucos hotéis mais pomposos. Eu fiquei numa pousada simplesinha, mas o com bom atendimento, cama confortável, quarto e banheiro limpo e café da manhã honesto, a única grande queixa foi a pressão da água do chuveiro, muito fraca pro meu gosto.
Para chegar ao Parque, você tem opções de veículo 4x4 ou Jardineira. Eu optei pelo 4x4, mesmo pagando um tantinho de nada mais caro, não me arrependo e recomendo de coração, pois o conforto é maior e o caminho é longo. Acertei com o guia para nos pegar na pousada. Além de extremamente pontual, o Zeca Leal é de uma simpatia e gentileza fora do comum e foi um dos maiores acertos da viagem. Levou um isopor com gelo para manter nossa água geladinha e muitas informações sobre a região. Zeca Leal, contato: telefone 98- 9155 3964 / e-mail: zecaleal4x4@hotmail.com .
Escolhi conhecer as lagoas Azul e Bonita e para chegar até elas, escalamos uma duna muito alta, mas que apesar de parecer difícil, é possível sim escalar a danadinha. Se eu consegui, tenho certeza que vocês conseguem. E aí, quando a gente chega lá no alto, que olha aquele mundo de areia branca, contornado por lagoas refletindo o azul do céu, desfrutando de uma brisa agradável e de um silêncio abraçando tudo em volta, a gente se sente tão feliz e agradece ao bom Deus pelas oportunidades que Ele nos proporciona.
E a alegria era tanta que a gente fica meio besta, rindo pro nada, escrevendo na areia, como que querendo deixar um pouco da gente ou da história da gente registrada por lá. Corre desafiando os relevos pequenos que o vento vai formando, sai rolando pelas dunas feito criança e sente a deliciosa sensação de se refrescar numa lagoa de água doce e fria, entre paredões altíssimos de areia branca. É como se fosse uma praia, onde a água do mar não é salgada. É tão interessante e intenso, que tem que sentir pra entender.
Quando o dia vai terminando, o Zeca avisou que estava na hora de voltar e acompanhar o pôr do sol. Eu já testemunhei o pôr do sol em vários lugares lindos e cada um é especial, mas confesso que nos Lençóis Maranhenses, o final do dia é um dos mais lindos que já vi e jamais vou esquecer. As dunas vão ficando douradas, o céu vai ganhando novas cores, o sol parece gigante num certo momento, depois vai sumindo no horizonte e é algo tão grandioso e mágico que a vontade que me deu foi de acampar lá mesmo e curtir a noite por lá, debaixo de um céu de estrelas e repetir tudo outra vez no dia seguinte : )


 
 
 
 
 

11 comentários:

  1. Divinas, um show essas fotos e que maravilhoso lugar!! Valei,né? beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Ah eu não achei lindo o lugar pq eu nunca fui lá... kkkkk.... Brincadeira! Mas falando sério, o lugar deve ser um espetáculo! Imagino eu também num lugar desses e chorando de tanta emoção! Pois o visual é de tirar o folego!

    Um dia irei conhecer com certeza! Acho que não precisamos ir ao Tibet meditar... só de ir ver uma paisagem dessas deve passar milhões de coisas na cabeça e um profundo sentimento de gratidão!

    Beijos e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  3. Olá Selma
    Fiquei encantada com as suas fotos
    Uma mais linda que a outra
    Deve ser um paraiso mesmo, né?
    Fiquei feliz com a sua visitinha lá no blog
    Beijinhos para você e
    Um ótimo final de semana
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  4. Que maravilhosas imagens,Selma! Gostei demais de seu relato e um dia quero conhecer tb! bjs,

    ResponderExcluir
  5. Oi Selma!
    Mais um belo lugar! É tão bom conhecer outras paisagens e respirar novos ares, eu adoro! Gostei das suas fotos, especialmente o romance escrito na areia e o pôr do sol! :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Selma querida,
    lugar incrível mesmo, fotos maravilhosas, parecem uma pintura!
    Quanto a sua postagem anterior, ainda bem que as dificuldades
    e tribulações passam, com fé em Deus a gente supera tudo.
    O melhor de tudo isso é que vc venceu, hoje desfruta de muitas
    maravilhas não é?

    Beijos, ótima semana ♥

    ResponderExcluir
  7. Olá Selma!
    De tirar o fôlego mesmo! Gostaria de saber a data das suas fotos, por favor. Porque quero fazer o passeio agora em maio e não sei se os lençóis estão se recuperando da seca.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Samanta!
      Estas fotos são de junho de 2013. Passei dia dos namorados lá. Aconselho ligar para o Zeca que ele dará informações sobre como estão as lagoas. Te digo que tem chovido por lá, mas não sei se já estão cheias como ano passado. Se vc for no final de maio as chances são maiores.
      Beijos!

      Excluir
    2. Uhhh obrigada! Eu vou mesmo no final de maio e vou ligar para o Zeca! Bjs

      Excluir